• Subcribe to Our RSS Feed

Dr. Carlos Guimarães

Dr Carlos Guimaraes

Carlos Guimarães é médico, com especialização em Acupuntura e Clínica Médica e pós- graduação (latu sensu) em Fitoterapia.

Lecionou e coordenou cursos de Acupuntura e Ayurveda, durante mais de 15 anos.

Palestrante em diversos congressos nacionais e internacionais, nas áreas de Acupuntura, Ayurveda e Fitoterapia.

Membro do Colégio Médico Brasileiro de Acupuntura, desde a sua criação junto à Associação Médica Brasileira (AMB)

Presidente honorário do Departamento de Acupuntura da Associação Médica de Minas Gerais.

Atuou como diretor científico da ABRA – Associação Brasileira de Ayurveda.

Coordenou, durante 10 anos, o “SPA De Corpo e Alma”, situado na cidade de Caeté – MG. Atualmente, dirige o Instituto de Saúde e Longevidade – Shanti, sediado em Belo Horizonte, com a proposta de oferecer tratamentos em medicina natural.

Também do autor – ACUPUNTURA, O QUE O PACIENTE PRECISA SABER (2011) – Alis Editora.

Contato: livro.nutricao.ayurvedica@gmail.com
www.ayurvedaemminas.com.br
(31) 3287-4878 • (31) 9973-4587 • immi@uol.com.br

Em nutrição Ayurvédica – do Tradicional ao Contemporâneo – Carlos Guimarães apresenta uma proposta simples e atual, visando conquistar o equilíbrio físico e mental através dos conceitos presentes nos Vedas. Considerar que o alimento traz em si a imagem do cosmos e que a incorporação dos elementos presentes em sua estrutura constrói tanto a densidade física, quanto a energia sutil, nos leva a entender sua importante participação na constituição corporal e na organização das nossas emoções.

Essa obra abrange os conceitos primitivos do Ayurveda, quando descreve os alimentos e suas ações, seus gunas, a fisiologia da digestão, a espiritualização durante o preparo das refeições (sadhanas), e vai ao encontro da alimentação moderna, que impõe uma praticidade contemporânea. Para as pessoas que vivem em grandes centros, o conflito entre o tradicional e o contemporâneo se faz presente todo o tempo, uma vez que a aceleração característica do atual ritmo de vida não oferece muitas escolhas.

Entretanto, não devemos caminhar ao acaso e nos tornarmos vítimas de um sistema que não oferece alternativas. Para a garantia do bem-estar da atual e das novas gerações, torna-se imperativo o entendimento da relação humana com os alimentos.

Essa consciência integrativa pode guiar nossos passos em direção à compreensão de nossa origem, nos levando a alcançar a evolução espiritual.